Skip to content

Foucault

30/07/2010

 

 Uma apresentação dialética

da geneologia do neoliberalismo de Foucault

Este artigo examina criticamente a genealogia do neoliberalismo desenvolvida por Michel Foucault em O nascimento da biopolítica. Considera que contém uma boa percepção da orientação social e política das práticas governamentais do neoliberalismo, mesmo se analisa somente os discursos teóricos que as fundamentam. Argumenta-se, porém, que ela falha por não compreendê-las como respostas históricas aos problemas econômico-sociais, postos pelo próprio desenvolvimento do modo de produção capitalista. E que ela falha, também, por não compreendê-las como manifestações de configurações históricas do Estado capitalista, as quais surgiram ao seu tempo como respostas às demandas da acumulação de capital e das próprias transformações da produção capitalista. Sustenta-se a crítica numa apresentação sumária, mas dialética, das configurações históricas desse modo de produção.

Anúncios

Comentários encerrados.